SEGA Holdings

ProjetoSEGABrasil.com
Brasil Filmes Games Marcas / Franquias Séries Tecnologia
Seguir Siga no Facebook
8.4

Opiniões

SEGA prepara adaptação para o cinema de “Rent A Hero”

SEGA prepara adaptação para o cinema de “Rent A Hero”

A SEGA acaba de contratar os roteiristas Steve Pink e Jeff Morris para escrever a adaptação de Rent A Hero. Trata-se de um RPG criado por Yu Suzuki (criador de Shenmue, Virtua Fighter, OutRun, After Burner, entre outros) lançado para o Mega Drive em 1991, que conta a história de Taro Yamada, um herói de aluguel que precisa completar várias tarefas para salvar o dia. O jogo foi desenvolvido usando a mesma engine de Phantasy Star III, mas seu sistema de batalhas não acontece em turnos, mas no mesmo estilo de jogos de luta como Street Fighter II. O jogo foi lançado apenas no Japão, mas já recebeu uma tradução de fãs para o inglês.

Steve Pink é conhecido por seu trabalho na série de filmes Hot Tub Time Machine, e também atuou como produtor do filme Encontro Explosivo, de 2010, com Tom Cruise e Cameron Diaz. Jeff Morris é o roteirista da próxima série de ação e aventura do Netflix, chamada The True Memoirs of an International Assassin.

O herói do jogo original, Taro Yamada, se mudou com sua família para a cidade de Corja, no Japão, após seu pai trocar de emprego. Ao pedir pizza para sua festa de casa nova, Taro foi surpreendido ao receber o traje de herói por acidente. Mais tarde, descobre que o traje lhe confere força extraordinária, mas que será necessário pagar por ele. Assim, o herói decide oferecer seus serviços ao povo da cidade desempenhando tarefas heroicas e também os mais estranhos trabalhos.

Em 2000, a SEGA lançou um remake do jogo original para o Dreamcast chamado Rent A Hero No. 1, reproduzindo acontecimentos bastante similares do jogo original e adicionando a Rent A Hiroko, uma personagem feminina similar a Taro. Em 2003, o jogo foi portado para o Xbox, ganhando funcionalidades online e sua primeira tradução oficial para o inglês, mas não chegou a ser lançado na América por problemas de distribuição. Em 2008, essa versão não lançada vazou em sites de torrent e descobriu-se que ela realmente estava quase 100% completa, possuindo apenas poucos erros no texto.

Desde a sua versão original, o jogo fez bastante sucesso, com seu diferencial sendo o bom uso do humor numa história cativante repleta de elementos de RPG. No remake de 2000, a revista japonesa Famitsu avaliou o jogo com uma pontuação de 30 de um total de 40, e as americanas IGN e GameSpot elogiaram os gráficos, a jogabilidade e a experiência de forma geral, que não deixavam nada a desejar diante outros grandes títulos como Sonic Adventure, Soul Calibur, Virtua Fighter e Dynamite Cop.

Tudo o que se sabe sobre a adaptação para o cinema é que a história girará em torno de um jovem muito inteligente (e preguiçoso) que se une a uma empresa de alta tecnologia que supostamente deveria melhorar a vida das pessoas, mas não é nada do que deveria ser. Quando pessoas dentro dessa empresa decidem usar a tecnologia como arma, o herói da história se une a seus amigos para impedi-los.

A produção do filme ficou a cargo da Stories International, uma subsidiária da SEGA que também está trabalhando em projetos com outras propriedades intelectuais dela como Shinobi, Altered Beast, Golden Axe, Virtua Fighter, The House of the Dead, Streets of Rage e Crazy Taxi, para o cinema, TV, e plataformas digitais.

Como nem o Rent A Hero original nem seu remake chegaram a ser lançados oficialmente fora do Japão, só nos resta aguardar para conferir de perto essa história fascinante.

Video Thumbnail

Via SEGAbits e TSSZ News

Deixe sua Opinião

Esqueci a Senha