Seis bilionários que fizeram fortuna com videogames

Seis bilionários que fizeram fortuna com videogames

Que a indústria dos videogames tem um enorme crescimento anual à medida que os jogos se tornam mais onipresentes em nossas vidas diariamente em nossos telefones celulares, televisões e computadores ninguém tem dúvida.

Mas você sabia que esse crescimento da indústria de jogos se reflete também na lista anual de bilionários da Forbes? Pois é, a famosa lista da revista traz algumas pessoas que extraem sua riqueza dos videogames, seja diretamente pelo desenvolvimento de jogos de grande sucesso ou indiretamente por meio do fornecimento de uma plataforma para eles.

Aqui estão listados seis dos bilionários de videogames mais notáveis!

Bill Gates – 86.2 Bilhões de Dólares

A pessoa mais rica do mundo obtém cerca de 13% de sua riqueza total da Microsoft, a gigante de software que ele fundou em 1975.

Embora a empresa tenha feito seu nome fazendo sistemas operacionais e softwares de negócios, é também uma das maiores empresas de videogames do mundo, graças ao Xbox. Em seu último trimestre financeiro, a empresa faturou mais de US $ 3 bilhões em jogos, cerca de 14% de sua receita total.

E já que estamos falando da Microsoft, mere menção honrosa também a Steve Ballmer, ex presidente da empresa que salvou o Xbox da falência, e segundo pesquisa do site Betway Casino levou 8 anos para passar de milionário para bilionário.

William Ding – 17.3 Bilhões de Dólares

O fundador do gigante da internet Netease também foi o primeiro bilionário de jogos da China. Além dos títulos nacionais, a empresa tem parceria com a Activision Blizzard em World of Warcraft e Hearthstone na China, além de licenciamento exclusivo do Minecraft. O patrimônio líquido da Ding subiu mais de US $ 2 bilhões desde 2016.

CrossFire

CrossFire

Kown Hyuk-Bin – 4.9 Bilhões de Dólares

Nos 15 anos desde que Kown Hyuk-Bin fundou a Smilegate, ela se tornou uma das maiores empresas de jogos da Coréia do Sul. O CrossFire é o jogo de tiro em primeira pessoa mais popular do mundo, com força quase uma década após seu lançamento. As vendas da empresa em 2016 foram de US $ 572 milhões – mais de 10% acima de 2015.

Gabe Newell – 4.1 Bilhões de Dólares

Gabe Newell lidera a Valve Corporation, criadora de algumas das mais icônicas franquias da história recente dos games nos EUA, incluindo Half-Life, Portal e Left for Dead.

É também um dos maiores distribuidores de jogos de PC, graças à sua plataforma Steam. A empresa também está na vanguarda de várias áreas de jogos, por exemplo, em Realidade Virtual, graças à sua parceria com a HTC na criação do Vive, um headset VR.

Gabe Newell

Kim Taek-Jin – 1.2 Bilhões de Dólares

Kim Taek-Jin é fundador e CEO da NCSOFT, uma das maiores editoras de jogos da Coréia do Sul. O foco da empresa são jogos de RPG on-line multiplayer, como Guild Wars e Blade & Soul, tocados em mais de 60 países. Devido, em parte, à expansão dos títulos para dispositivos móveis, teve um aumento de receita de US $ 880 milhões.

Kagemasa Kozuki – 1.1 Bilhões de Dólares

Kagemasa Kozuki, fundador e presidente da gigante japonesa de videogames Konami, não quis fazer fortuna nos videogames. Quando ele fundou a Konami em 1969, ela era uma empresa de reparos e locação de jukebox.

No final da década de 1970, porém, Kozuki mudou sua empresa para a nascente indústria de videogames, fabricando jogos de fliperama. Durante a década de 1980, a empresa começou a publicar jogos para o sistema Nintendo Entertainment e o negócio decolou – gerando franquias como Castlevania, Contra, Metal Gear e muito mais. A empresa ainda está forte hoje em dia – suas ações subiram mais de 60% em relação ao passado, e suas receitas totalizavam quase US $ 1,5 bilhão 1 ano atrás.

– Fundador Epic Play, organizador de eventos relacionados a games, criador e editor de conteúdo, programador, designer e "desbravador" em publicidade.

Deixe sua Opinião

Esqueci a Senha